BLOG

20 de Maio por Victor Amaral

Para onde viajar na pandemia: 6 destinos para ir com segurança

Para onde viajar na pandemia: 6 destinos para ir com segurança

Muitas pessoas estão com dúvidas sobre para onde viajar na pandemia. Afinal, vivemos um período em que os devidos cuidados devem ser tomados, para evitar a proliferação da Covid-19 no país. Porém, com toda a segurança, é possível passear e se distrair um pouco de tudo o que vem acontecendo.  

E para que o retorno das viagens ocorra com segurança, é necessário pesquisar bem os locais escolhidos como destino. Isso porque, há estados que estão com regras de flexibilização de atividades mais rígidas, que outros. Sendo um fator que pode interferir na entrada de turistas, funcionamento de bares, restaurantes e outros aparelhos turísticos. 

Assim, se você pretende viajar na pandemia, mas tem dúvidas sobre o destino para se divertir, e não quer deixar de lado a segurança, continue lendo este artigo.  

Abaixo separamos os melhores destinos para onde viajar na pandemia, que estão em funcionamento e com interessantes atrações turísticas. Aproveite a leitura! 

Porto de Galinhas, Pernambuco 

Quem não dispensa uma praia pode optar por visitar Porto de Galinhas, que fica em Pernambuco. Ela é a praia mais requisitada por quem mora na região metropolitana de Recife.  

E diferente de Jericoacoara, Porto Seguro ou Fernando de Noronha, Porto de Galinhas não está em superlotação devido a sua extensa área e controle dos órgãos públicos. Por ser muito próximo da capital de Pernambuco, é possível também viajar e evitar o grande fluxo no período de férias. 

Além disso, Porto de Galinhas segue com o plano de flexibilização das atividades. Tendo em julho funcionamento dos restaurantes de segunda a sexta-feira, até às 23h e aos fins de semana até às 22h – música ao vivo está proibida nos estabelecimentos. Já as barracas de praia podem funcionar todos os dias da semana, das 08h às 17h.  

LEIA MAIS | Veja como a Foco está cuidando da segurança e saúde de seus clientes e funcionários 

São Miguel do Gostoso, Rio Grande do Norte 

Um Brasil que poucos conhecem, sendo o destino preferido dos apaixonados por wind e kitesurf. Assim podemos definir São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte, que está apenas a 110km de Natal.  

Sua localização privilegiada recebe ventos fortes e água morna, do litoral nordestino. Assim, virou alvo dos turistas e possibilitou empreendedorismo no local, com a inauguração de pousadas e restaurantes, para encontro de quem ama velejar.  

Na pandemia, até 04 de agosto, os restaurantes podem funcionar diariamente até à meia-noite. A cidade não tem mais toque de recolher. 

Ouro Preto, Minas Gerais   

onde viajar na pandemia
Foto: vista da cidade de Ouro Preto/Minas Gerais 

Se você quiser relaxar, uma boa pedida é conhecer Ouro Preto, em Minas Gerais. A apenas 95km da capital, Belo Horizonte, a cidade funciona como um excelente bate-volta. Contudo, recomendamos que você passe a noite por ali e aproveite as belezas noturnas da região. 

Como a cidade voltou para a onda vermelha, desde 1º de maio, bares e restaurantes funcionam no horário normal (das 05h às 20h), mas com ocupação de 10m² por pessoa. No entanto, as pousadas podem funcionar com apenas 50% da capacidade. 

E, ao contrário de Tiradentes, outra famosa cidade histórica mineira, Ouro Preto, não vive apenas do turismo. O que torna o local interessante é ver uma cidade 'normal' funcionando em seu cenário histórico. 

Além disso, Ouro Preto tem noites animadas, graças à grande população universitária. Porém, ao mesmo tempo, é uma cidade histórica ótima para relaxar, aproveitar a culinária mineira e se desligar da cidade grande.  

LEIA MAIS | Viajar na pandemia: confira dicas de segurança para viajar durante a Covid-19 

Campos do Jordão, São Paulo 

Se você quiser curtir um friozinho típico nesta época do ano no Centro-Sul do Brasil, pode visitar Campos do Jordão, em São Paulo.  

É a cidade com maior altitude do Brasil, a 1.628 metros. Suas casas apresentam arquitetura enxaimel, aonde os telhados vão até o chão. Já os hotéis e pousadas tem lareira no quarto. Não é à toa que ganhou o apelido de "Suíça brasileira”.  

A cidade tem parques públicos, com uma paisagem deslumbrante para os turistas. Entre as principais atrações culturais estão o Museu Felícia Leirner ou a Casa da Xilogravura.  

Mas com a pandemia, desde meados de junho de 2021, restaurantes na cidade podem funcionar de domingo a quinta-feira até às 20h e durante as sextas e sábados, até às 18h. Além disso, os hotéis só podem funcionar com ocupação máxima de 60%. 

Vitória, Espírito Santo 

onde viajar na pandemia
Foto: Terceira Ponto, Vitória/ES

A capital do Espírito Santo tem a sua parte central em uma ilha, o que atrai muitos turistas pelas praias. O local tem duas pontes, que levam da zona portuária de Vitória até o centro de Vila Velha, outra cidade bastante visitada. 

Já a imponente Terceira Ponte passa entre os bairros mais nobres de ambos os locais: a Praia do Canto e a Praia da Costa. 

Mas não são apenas duas cidades que você ganha ao aterrissar em Vitória. O litoral recortado de Guarapari está a menos de 50km adiante — a mesma distância de Domingos Martins, na belíssima (e pouco conhecida) serra capixaba. 

Uma ótima notícia para os visitantes, é que Vitória é considerada com baixo risco de contaminação e por isso, não há limites de horário de funcionamento do comércio, serviços, bares e restaurantes. Vila Velha está considerada como risco moderado e assim, tem funcionamento de bares e restaurantes de segunda a sábado das 07h às 22h e aos domingos até às 16h. 

As praias estão liberadas para banho e visitação. Então, se você está se perguntando para onde viajar na pandemia, Vitória acaba sendo uma boa pedida, também! 

Visconde de Mauá, Rio de Janeiro

Esta região localizada no Rio de Janeiro é perfeita para ser visitada em qualquer época do ano. É o destino certo para os amantes de esportes de aventura, como trilhas, que levam às diversas cachoeiras.  

Um dos pontos mais procurados pelos turistas é o Pico da Pedra Selada. Até o destino final, há uma caminhada de duas horas. É importante lembrar que os participantes precisam de bom condicionamento, devido aos pontos difíceis no acesso.  

A cidade teve toque de recolher até o mês de abril, mas agora, já possui bares e restaurantes abertos, e seguindo os protocolos de higiene e segurança. 

Para onde viajar na pandemia, vá de carro

Não importa para onde viajar na pandemia, ir de carro é mais seguro durante este período em que precisamos evitar aglomerações em rodoviárias ou em transporte público. Assim,  você pode contar com a Foco, que está presente nos principais aeroportos desses estados listados em nosso guia e tomando todas as precauções que o momento requer. 


Para saber mais, acesse nosso site e conheça a frota de veículos que disponibilizamos, para maior conforto e comodidade em suas viagens.

Posts relacionados: