BLOG

19 de Novembro por Vitor Alves

Caminho do Vinho: confira as dicas para você conhecer esse roteiro incrível

Caminho do Vinho: confira as dicas para você conhecer esse roteiro incrível

Uma mistura de passado e presente: é o que se encontra no Caminho do Vinho, em São José dos Pinhais no município do Paraná.

Essa rota, que proporciona um maravilhoso passeio por vinícolas, restaurantes com comidas típicas e as tradições dos imigrantes italianos, além de trilhas ecológicas - para quem gosta de estar em contato com a natureza, está a 30 km de Curitiba, e você pode chegar até lá facilmente utilizando o aluguel de carros

No Caminho do Vinho é possível visitar as caves de vinho da região, fazer degustação de queijos e conhecer todo o processo de produção com enólogos, que estudam e cuidam da elaboração deles. 

aluguel de carros

Ficou interessado e quer saber mais sobre esse destino que conta com o melhor da cultura trazida pelos italianos? Então continue lendo esse artigo e saiba tudo sobre o Caminho do Vinho. 

O que é  o Caminho do Vinho?

caminho do vinho plantação

Com o objetivo de preservar o folclore local, o artesanato, as comidas étnicas e as manifestações culturais em geral, foi criado o roteiro Caminho do Vinho. 

Tudo gira em torno do incentivo à preservação e conservação de casarões históricos, bem como da qualidade dos produtos manufaturados locais, como vinhos, sucos e licores, além de produtos coloniais como salames, queijos, geléias e biscoitos, através do turismo rural .

Atualmente são cerca de 30 fazendas envolvidas em diversas atividades como vinícolas, restaurantes e cafés coloniais, além de fazendas de lazer onde é possível pescar, colher frutas e verduras, cavalgar, etc. 

As construções locais são todas típicas da colonização italiana e ainda são utilizadas como residências tradicionais de famílias.

Conheça a história

O potencial turístico do Caminho do Vinho foi descoberto em 1988, devido a realização de inventário que seria usado na elaboração do Plano de Desenvolvimento Turístico de São José dos Pinhais.

Dessa forma, no ano seguinte, a comunidade de Mergulhão e arredores, começou a participar de reuniões com a Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo e, na oportunidade, o projeto foi apresentado, ficando decidido, durante tais conversas, pelo nome Caminho do Vinho.

Hoje, o projeto, que é administrado pela Associação Caminho do Vinho – Colônia Mergulhão (ACAVIM), gera ações de desenvolvimento, divulgando o folclore, artesanato, comidas típicas, a valorização do patrimônio histórico-cultural, através do estímulo à preservação e conservação das casas históricas e qualidade dos produtos comercializados.

Vale lembrar que foram os imigrantes europeus que se estabeleceram em São José dos Pinhais no final do século 19 e começaram a cultivar pequenas propriedades. Os italianos ficaram principalmente na Colônia de Mergulhão e os polacos na Colônia de Muricy, ambas no município.  

Qual é o roteiro do caminho do vinho?

caminho do vinho taça

Agora que você já está inteirado sobre a história do Caminho do Vinho, vamos te mostrar o melhor roteiro.

Lá, os visitantes podem desfrutar de uma agradável tarde durante os fins de semana comprando vinhos locais, queijos, salames, compotas e vegetais diretamente dos produtores. E você também terá a chance de comprar artesanato local. Veja!

Adegas e Vinícolas

Há diversas opções de adega e vinícola presentes na rota do vinho. Todas elas estão abertas diariamente, das 9h às 18h.

Vinhos Don Gabriel

A Vinhos Don Gabriel possui vinhos e produtos coloniais, com visitação à área de produção dos vinhos através de um túnel. 

Vinho Dom Roberto Perbiche e Museu

Os vinhos coloniais são de produção própria na Vinho Dom Roberto Perbiche e Museu. Lá você vai encontrar, também, queijos coloniais, salames e geleias artesanais. 

Vinhos Irmãos Juliatto

Na Vinhos Irmãos Juliatto além dos vinhos e produtos coloniais, você também pode tirar uma foto com o garrafão de vinho enorme na entrada da loja. 

Vinhos Vô Tinto

Se você procura por vinhos tintos (Bordô) e vinhos branco (Niágara), nas opções seco e suave, você vai encontrar na Vinhos Vô Tinto.

Vinícola Araucária

A Vinícola Araucária oferece visitas guiadas, que devem ser agendadas, às sextas-feiras, sábados, domingos e feriados. E os horários disponíveis são 10h, 11h30, 14h e 15h30. 

Café colonial

O Caminho do Vinho conta também com opções de café colonial. Confira!

Kawiarnia Café Colonial

O Kawiarnia Café Colonial oferece pratos tradicionais da colônia e receitas polonesas em sopas, doces e sobremesas. Ele fica aberto aos sábados, das 13h às 19h, e domingos, das 11h30 às 19h.

Há também outras opções de cafés, como a Casa Bela Café, o Casarão Café Colonial, o Dulce Café Colonial, e o Vanille Café Colonial.

Restaurantes

E o que não falta no Caminho do Vinho são restaurantes para todos os gostos. Veja!

Restaurante Dulce

Se você aprecia uma boa comida caseira, com carneiro, porco no rolete e costela fogo de chão, e sobremesas caseiras, como arroz doce e canjica, então você deve ir até o Restaurante Dulce. Aberto aos sábados, domingos e feriados, das 11h30 às 15h30.

Restaurante Frutos da Terra

O casal Fernando e Vilma Obiava está à frente do Restaurante Frutos da Terra, que conta com comida caseira, polonesa e italiana. No cardápio você encontra nhoque, risoto, polenta e sobremesa como, pudim de leite e sagu. Abre aos sábados, domingos e feriados, das 11h30 às 15h, com música ao vivo!

Matka Aurélia

O Matka Aurélia é especializado em Gastronomia Típica Colonial e, no seu cardápio, é possível encontrar comidas da roça, como sobremesas, massas e saladas, e ainda, um churrasco de carneiro, costela e filé bovino. Está aberto ao público sábados, domingos e feriados, das 11h45 às 15h.

Restaurante Vô João

Aberto desde 2005, o Restaurante Vô João, que faz homenagem a João Beger, o patriarca da Família Berger na Colônia Mergulhão, oferece em seu cardápio, comida caseira, italiana e polonesa e está aberto sábado (12h às 15h) e domingo (11h30 às 15h).

Lazer e eventos

Ainda no Caminho do Vinho, você tem a disposição espaços de lazer e eventos, como: 

Pesque e Pague Beira Rio

No Pesque e Pague Beira Rio você vai poder pescar carpas, tilápias, bagres. O local conta também com apetitosas porções de peixe, bolinho de aipim com carne seca, vinhos, queijos, sorvetes e doces coloniais. 

Fazenda Park Mergulhão

Já a Fazenda Park Mergulhão é o ambiente com gastronomia e lazer ideal para toda família, já que conta com restaurantes, pesque pague, passeios a cavalo e piscinas. Não é cobrada taxa de estacionamento.  

Pesk Pague do Cachimbo

O Pesk Pague do Cachimbo, conhecido pela estátua de um peixe fumando seu cachimbo no portão de entrada do espaço, também é um local para toda família, já que possui parquinho para as crianças se divertirem e lanchonete com cardápio variado. 

Ária Verde Gastronomia e Eventos

O espaço Aria Verde Gastronomia e Eventos possui uma vista deslumbrante e gastronomia diferenciada. No local também conta com o Mini Golf, que pode ser praticado por pessoas de todas as idades. 

Cervejaria Nut Bier

Localizada na Chácara dos Cogumelos desde 2012, a Cervejaria Nut Bier se destaca por sua construção em harmonia com a natureza, já que ela está entre árvores nativas e pássaros silvestres da região podem ser apreciados. 

No seu cardápio estão cervejas de alta fermentação (Ales) e de baixas (Lager), compostas por maltes e lúpulos importados, além de 10 estilos de chopp artesanal de produção própria. Ela funciona aos sábados e domingos das 12h às 18h. 

Espaço Rosa

De responsabilidade da Associação dos Artesãos de São José dos Pinhais (Associarte), o Espaço Rosa, que abre aos sábados, domingos e feriados, das 11h às 19h, conta com artesanatos feitos por artistas locais.

Entre eles, produtos de utilidades para casa, artigos de decoração, confecções, lembranças turísticas, feitos com materiais, como biscuit, pinhão, tecido, pinturas e colagens. 

Encantos do Jardim

A floricultura Encantos do Jardim é a única do Caminho do Vinho e está localizada ao lado do Casarão Café Colonial, aberta aos sábados e domingos, das 13h às 20h. 

Com arquitetura rústica, no local é possível encontrar mudas da estação, vasos, folhagens, terra, flores, além de artesanato e peças de decoração. 

Qual o valor do passeio?

caminho do vinho comemoração

Para fazer o passeio pelo Caminho do Vinho acompanhado de um guia em carro próprio, com duração de 4h, o valor é de R$150,00. Mas se você optar pelo passeio guiado com duração de 8h, o valor é de R$250,00. 

Lembrando que o guia aguarda no local indicado no início do roteiro, as refeições não estão inclusas, e é recomendável consultar os valores de acordo com dia da semana, já que pode haver mudanças.

Como chegar?

Para chegar ao Caminho do Vinho não tem mistérios e no local é bem sinalizado com placas e você pode seguir as seguintes rotas: 

  • Pela BR 376: que é o caminho mais utilizado; 
  • Pela BR 277: que é um trajeto mais curto, mas que está em boas condições, apesar de alguns trechos estarem sem pavimentação; 
  • Pela Avenida das Torres (Nova Trincheira/Cemitério SJP): caminho mais recentes, porém com trechos de trânsito mais intenso; 
  • Pela BR 376, via Barro Preto: que corta um bairro da cidade, chegando mais rápido ao local; 
  • Ou também pela BR 376, via Conduspar: por esse caminho já é possível chegar dentro no roteiro e há trechos pequenos sem pavimentação.

E para viajar com mais segurança, comodidade e economia para o Caminho do Vinho, conte com a Foco Aluguel de Carros. Aqui você encontra atendimento personalizado, com veículos para todos os perfis e os melhores preços do mercado.

E para trazer ainda mais facilidade para o seu planejamento de viagem para conhecer o Caminho do Vinho, saiba que a Foco possui uma loja em Curitiba

Viu só? Oferecemos a mobilidade e o cuidado que você precisa para ir aonde quiser. Navegue pelo nosso site e conheça mais sobre nossos serviços. 

 

aluguel de carros

Posts relacionados: